Comandos Docker mais utilizados

Docker 2 de Jan de 2024

O  Docker emergiu como uma ferramenta essencial, simplificando o desenvolvimento, teste e implantação de aplicações. Durante a leitura desse artigo você ver os comandos mais importantes do Docker, fundamentais para qualquer profissional de TI que trabalhe com containers. Esses comandos ajudam a criar, gerenciar e orquestrar containers de forma eficiente.

Teste seus conhecimentos em Node | Rocketseat
Quanto você sabe sobre Node? Teste seus conhecimentos de programação com a Rocketseat e descubra qual o seu nível de conhecimento nessa tecnologia nesse quiz gratuito 🚀

O que é Docker?

Docker é uma plataforma de containerização que permite empacotar aplicações e suas dependências em um container virtual. Isso facilita a execução consistente da aplicação em qualquer ambiente.

Benefícios do uso do Docker

Entre os principais benefícios do Docker estão a portabilidade, a eficiência no uso de recursos, o isolamento de aplicações, e a rapidez no desenvolvimento e implantação de aplicações.

Instalação e Configuração

Como instalar o Docker

Para instalar o Docker, você pode seguir as instruções oficiais disponíveis no site do Docker, que oferece guias detalhados para diferentes sistemas operacionais.

Configuração inicial

Após a instalação, é importante realizar algumas configurações iniciais, como a verificação da versão do Docker e a execução de um container de teste para garantir que tudo está funcionando corretamente.

Comandos Básicos do Docker

docker run

O comando docker run é usado para criar e iniciar um container. Por exemplo, docker run hello-world executa um container que imprime uma mensagem de boas-vindas

docker pull

docker pull é utilizado para baixar uma imagem Docker do Docker Hub ou de outro registro. Por exemplo, docker pull ubuntu baixa a imagem mais recente do Ubuntu.

Teste seus conhecimentos em Node | Rocketseat
Quanto você sabe sobre Node? Teste seus conhecimentos de programação com a Rocketseat e descubra qual o seu nível de conhecimento nessa tecnologia nesse quiz gratuito 🚀

docker build

Com docker build, você pode construir uma imagem Docker a partir de um Dockerfile. Este comando é fundamental no processo de criação de imagens personalizadas.

Gerenciamento de Containers

docker ps

docker ps lista todos os containers em execução. Com opções adicionais, também é possível ver containers parados.

docker stop

Para parar um container em execução, usa-se docker stop, seguido do ID ou nome do container.

docker rm

docker rm remove um ou mais containers. É importante garantir que o container esteja parado antes de tentar removê-lo.

Trabalhando com Imagens Docker

docker images

O comando docker images lista todas as imagens Docker disponíveis localmente.

docker rmi

Para remover uma imagem local, usa-se docker rmi, seguido do ID da imagem.

docker commit

docker commit cria uma nova imagem a partir das alterações feitas em um container.

Networking no Docker

(esse comando é um plus da despertar ainda mais seu interesse)

docker network

O Docker permite a criação de redes para conectar containers. O comando docker network é usado para gerenciar essas redes.

Exemplo prático

Um exemplo prático poderia envolver a criação de uma rede e a conexão de dois containers a ela para permitir a comunicação entre eles.

Vamos agora pra prática e criar uma rede no Docker, conectar dois containers a ela, permitindo que eles se comuniquem entre si.

É uma prática comum em desenvolvimento e operações de sistemas para testar a interação entre diferentes serviços ou aplicações em um ambiente isolado.

Vamos pro passo a passo:

Criação de uma Rede Docker: Abra o terminal e execute o seguinte comando para criar uma nova rede no Docker:

$docker network create minha-rede

Execução de Dois Containers na Rede:

Agora, vamos executar dois containers e conectá-los à rede que acabamos de criar. Usaremos imagens do Docker Hub, como o Ubuntu, para este exemplo.

Execute o primeiro container e conecte-o à rede:

$ docker run -dit --name container1 --network minha-rede ubuntu

Faça o mesmo para o segundo container:

$ docker run -dit --name container2 --network minha-rede ubuntu

Comunicação entre os Containers:

Entre no primeiro container:

$ docker exec -it container1 bash

E, dentro do container, você pode usar ferramentas como ping para verificar a conexão com o segundo container. Por exemplo:

$ ping container2

Verificando a Conexão:

Você deve ver respostas do ping, indicando que a comunicação entre os dois containers está funcionando.

Encerramento e Limpeza:

Quando terminar, você pode sair dos containers e pará-los:

$ docker stop container1 container2

E, se desejar, remova os containers e a rede:

$ docker rm container1 container2
$ docker network rm minha-rede

Dominar os comandos do Docker é fundamental para qualquer profissional que trabalhe com desenvolvimento, teste e implantação de aplicações. Esperamos que este artigo tenha fornecido uma base sólida para começar a trabalhar com esta poderosa ferramenta.

Marcadores