Firebase: serviços, vantagens, quando utilizar e integrações

javascript 25 de Dez de 2018

Você alguma vez já deve ter ouvido esse termo ou visto em algum lugar um comentário sobre ele. Mas afinal, o que é o Firebase?

O Firebase é um Baas (Backend as a Service) para aplicações Web e Mobile do Google, foi lançado em 2004 e com o passar dos anos cresceu muito, se tornando uma ferramenta que hoje para alguns projetos é a melhor opção, devido a quantidade de serviços oferecidos por ele, além da facilidade de implementação.

A criação de uma aplicação, seja ela Web ou Mobile, não é fácil, é preciso se preocupar com diversos fatores, dentre eles:

  • Funcionamento em variados tipos de dispositivos;
  • Infraestrutura;
  • Atualizações que não gerem mais erros que solucionam;
  • Segurança na transferência de dados;
  • Mecanismos de Autenticação;
  • E o aumento de usuários, para prover a melhor experiência para eles.

Foi pensando em uma maneira de solucionar todos esses problemas que surgiu a motivação para a criação do Firebase.

Obs.: BaaS ou BackEnd As A Service (MBaaS = Mobile BackEnd As A Service) é um serviço disponibilizado em que toda a estrutura do backend como: configuração de servidor, integração com banco de dados, sistema de push notification e outros serviços, que fazem parte do backend, estão completamente prontos para se integrar com o seu aplicativo.

Serviços Oferecidos

O Firebase oferece uma gama de serviços que podem ser utilizados, eles são separados por 4 grandes categorias, sendo elas Analyics, Develop, Grow e Earn.

Serão listados apenas os serviços mais usados, para que possa ser focado nas vantagens e integrações.


Analytics

O Analytics possibilita a análise em tempo real sobre o comportamento dos usuários nos seus Apps, além de disponibilizar dados sobre falhas, compras no aplicativo, desempenho de links diretos e muito mais.

Mas esse serviço atualmente tem suporte apenas para Android, IOS, C++ e Unity.

// Analytics on React Native
componentDidMount() {
  Analytics.setAnalyticsCollectionEnabled(true);
  Analytics.setUserId(<userId>);
  Analytics.setUserProperty(<propKey1>, <propValue1>)
  Analytics.setUserProperty(<propKey2>, <propValue2>)
  Analytics.setCurrentScreen(<screenName>, <screenComponent>);
  Analytics.logEvent(<eventName>, {
    <paramKey1>: <paramValue1>,
    <paramKey2>: <paramValue2>
  });
}

Realtime Database

O Banco de Dados em Tempo Real permite o armazenamento e sincronismo dos dados entre usuários e dispositivos em tempo real com um banco de dados NoSQL hospedado na nuvem.

Os dados atualizados são sincronizados em todos os dispositivos conectados em segundos. Além disso, seus dados permanecem disponíveis caso seu aplicativo fique off-line, o que oferece uma ótima experiência do usuário, independentemente da conectividade de rede.

// Gravando no Banco de Dados
writeUserData(email,fname,lname){
  firebase.database().ref('UsersList/').push({
    email,
    name,
  }).then((data)=>{
    console.tron.log('data ' , data)
  }).catch((error)=>{
    console.tron.log('error ' , error)
  })
}

// Lendo do Bando de Dados
readUserData() {
  firebase
    .database()
    .ref('Users/')
    .on('value', function (snapshot) {
      console.tron.log(snapshot.val())
    });
}

Authentication

O Firebase Auth oferece diversos métodos de autenticação, como e-mail/senha, provedores de terceiros, como o Google ou Facebook, Login Anônimo, Confirmação via SMS, ou o uso direto do seu sistema de contas. O gerenciamento de usuários se torna simples e seguro.

// Fazendo Login com o Facebook
const facebookLogin = async () => {
  try {
    const data = await AccessToken.getCurrentAccessToken();

    if (!data) {
      throw new Error('Algo deu errado!');
    }

    const credential = firebase
      .auth
      .FacebookAuthProvider
      .credential(data.accessToken);

    const currentUser = await firebase
      .auth()
      .signInAndRetrieveDataWithCredential(credential);

    console.tron.log(currentUser.user.toJSON())
  } catch (e) {
    console.tron.error(e);
  }
}

Cloud Messaging

O Firebase Cloud Messaging (FCM) oferece o envio de mensagens e notificações gratuitamente para usuários de várias plataformas, seja Android, iOS ou na Web. As mensagens podem ser enviadas para dispositivos únicos, grupos de dispositivos, segmentos de usuários ou tópicos específicos.

// Aguardando mensagens do FCM
componentDidMount() {
  this.messageListener = firebase.messaging()
    .onMessage(message => {
      // Aqui você processa a mensagem recebida!
    });
}

componentWillUnmount() {
  this.messageListener();
}

Storage

O Firebase Cloud Storage permite que você armazene e compartilhe facilmente imagens, áudio, vídeo ou outro conteúdo gerado pelos usuários usando um armazenamento de objetos poderoso, simples e econômico criado para a escala do Google.

Os SDKs do Firebase para Cloud Storage adicionam a segurança do Google aos uploads e downloads de arquivo dos seus aplicativos do Firebase, independentemente da qualidade da rede.

// Fazendo Upload de um Arquivo no formato Blob
const file = ...; // Use um Blog ou arquivo da API
ref.put(file).then(function(snapshot) {
  console.log('Uploaded a blob or file!');
});

// Fazendo Upload de uma String
const message = 'Essa é a mensagem.';
ref.putString(message).then(function(snapshot) {
  console.log('Uploaded a raw string!');
});

AdMob

A AdMob do Google é uma plataforma de publicidade que pode ser usada para gerar receita com sua aplicação. O uso da AdMob com o Google Analytics para Firebase fornece recursos adicionais de dados e recursos de análise de aplicativos.


A maioria dos serviços do Firebase é de uso gratuito, através do plano Spark, porém quando a aplicação atinge um nível de uso de recursos do servidor o plano é modificado.

Quando os planos não são mais gratuitos, as opções de planos pagos disponíveis são o Flame que tem uma quantidade maior de recursos que o Spark e o Blaze que é plano onde o pagamento é de acordo com a utilização de recursos, sendo bastante flexível.

Você pode ver mais sobre os planos e recursos de cada um nesse link.

Vantagens x Desvantagens

Como qualquer outro produto, o Firebase tem suas vantagens e desvantagens, afinal, nenhum produto é perfeito para atender todo e qualquer tipo de situação, segue abaixo uma lista de Vantagens e Desvantagens dessa plataforma BaaS.

Vantagens

  • Estrutura Pronta;
  • Rápida Implementação;
  • Segurança;
  • Múltiplas Ferramentas;
  • Facilmente Escalável.

Desvantagens

  • Controle e Acesso;
  • Limitação da Plataforma;
  • Documentação;
  • Performance;
  • Pode fechar a qualquer momento.

Afinal, quando devo usar o Firebase?

Se você já viu uma aplicação de um cliente ou colega/amigo programador ter que ser migrada totalmente para outra plataforma BaaS porque ela fechou, você provavelmente não vai querer voltar para uma plataforma desse tipo.

Entretanto, as BaaS não só tem mercado, como também são muito úteis, por isso seguem 3 situações onde o uso do Firebase é ótimo:

  1. MVP - Quando você precisa criar um produto mínimo viável o Firebase se encaixa muito bem, pois é possível focar no desenvolvimento do front-end e/ou mobile, isso torna o processo mais rápido, simples e barato do que criar todo o back-end. Além de ser possível fazer muito mais testes antes de migrar para um back-end próprio;
  2. Pequenas Aplicações/Aplicações Pessoais: Sabe aquele projeto que você tem a ideia e a vontade de fazer mas quase nunca consegue tempo para desenvolver o back-end (ou até não tem essa skill)? Pois é, o Firebase com certeza é para você;
  3. Protótipos: Quando você precisa criar uma aplicação demonstração, ou um projeto para faculdade ou então apenas para testar as requisições de um App não é necessário criar todo o back-end, você pode usar o Firebase, agilizando esse processo.

Mas é claro que nada impede que você use em outros tipos de aplicação, as citadas acima são apenas as que depois de testes foram as que mostraram mais vantagens com o uso do Firebase.

Caso você tenha conforto e produtividade em desenvolver aplicações usando o Firebase, não hesite em usá-lo.

Integrações

E para utilizar esses recursos citados durante o artigo tem que haver alguma lib para criar a ponte entre o Firebase e sua aplicação, e pensando nisso a equipe do Firebase criou SDK's para as plataformas Web, IOS, Android e demais plataformas.

Abaixo serão listadas alternativas para utilização do Firebase em aplicações ReactJS, React Native e NodeJS, afinal essa é a stack da Rocketseat =)

Firebase no ReactJS

No ReactJS o SDK a ser usado é o SDK Javascript, pois o ReactJS atua do lado do cliente (browser) e com o SDK Javascript a aplicação consegue enviar as requisições através das funções pré-definidas do SDK para o Firebase.

Abaixo segue um link com um tutorial da documentação do Firebase de como você pode instalar e utilizar o SDK Javascript na sua aplicação:

https://firebase.google.com/docs/web/setup

Firebase no React Native

Já para o React Native não há um SDK próprio para uso, o que muitos fazem é utilizar o SDK Javascript no React Native, afinal ambos tem por trás a linguagem Javascript.

Entretanto, há uma lib que fez um ótimo trabalho em reunir os SDK's nativos do Android e IOS e criar uma ponte entre eles e o React Native, ou seja, há uma maneira de se utilizar os pacotes próprios para Android e IOS no React Native, essa lib é o React Native Firebase (RNFirebase):

https://rnfirebase.io/docs/v5.x.x/getting-started

No começo pode parecer muito complexo para configurá-la em um projeto React Native, porém a documentação da lib é bem detalhada nesse ponto, e uma vez com tudo configurado você tem acesso à todos os serviços oferecidos pelo Firebase, como você pode ver em:

https://rnfirebase.io/docs/v5.x.x/getting-started#Supported-Firebase-Features

O SDK Javascript funciona no React Native, porém não é o ideal, pois ele é feito com foco em aplicações Web, portanto não tem acesso à todos os serviços oferecidos pelo Firebase, além de ficar para trás, mesmo que pouco, em testes de performance para o RNFirebase.

Firebase no NodeJS

Nessa situação não faz muito sentido o uso do Firebase, visto que o NodeJS por sua vez é usado para criação do back-end de uma aplicação, que é justamente o que o Firebase oferece.

Não é impossível utilizá-lo no NodeJS, porém seria desperdício de performance pois o NodeJS atuaria como um "middleware" pro Firebase.

The End

Nesse artigo foi explicado o que é, os serviços, as vantagens e desvantagens, quando usar e por fim as integrações do Firebase. O objetivo é que você saia com o pensamento bem definido sobre o funcionamento do Firebase e como ele pode ajudar no seu dia a dia como desenvolvedor.

E não esqueça de deixar um comentário aí em baixo sobre o que você achou desse post e também dessa ferramenta incrível que é o Firebase :)

Marcadores

Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Ótimo! Agora, complete o checkout para ter o acesso completo.
Bem vindo de volta! Você fez login com sucesso.
Sucesso! Sua conta está completamente ativada, agora você tem acesso completo ao conteúdo.