Como funcionam as Tuplas no Python?

Python 17 de Jan de 2024

Texto de Paulo Clemente
Desenvolvedor e redator de mídias sociais na Rocketseat

Em Python, as tuplas são uma das estruturas de dados fundamentais, ao lado das listas. Enquanto ambas podem parecer semelhantes à primeira vista, elas têm características e usos distintos.

Vamos explorar em detalhes as tuplas, comparando-as com as listas para ajudar a entender quando e como usar cada uma delas.

O Que São Tuplas em Python

São coleções ordenadas e imutáveis. São definidas por parênteses () e podem conter elementos de diferentes tipos. Aqui, minha_tupla é uma tupla contendo um inteiro, uma string e um número de ponto flutuante.

minha_tupla = (1, "hello", 3.14)

Acessando Elementos da Tupla

Similarmente às listas, os elementos da tupla são acessados através de índices. Este trecho acessa o primeiro elemento de minha_tupla.

primeiro_elemento = minha_tupla[0]  # 1

Imutabilidade das Tuplas

A principal diferença entre tuplas e listas é que as tuplas são imutáveis. Isso significa que, uma vez criadas, seus elementos não podem ser alterados.

Tentar alterar um elemento de uma tupla resulta em erro.

minha_tupla[0] = 2  # Isto resultará em um erro
Para saber mais sobre Listas no Python logo abaixo temos um artigo que pode ser essencial para a sua Jornanda nessa tecnologia

Beleza, mas quando usar Tuplas?

As tuplas são especialmente úteis em diversas situações na programação Python:

Armazenamento de Dados Constantes: Dados que não devem ser alterados após sua criação, como configurações de um sistema ou valores fixos de referência.

Retorno Múltiplo de Funções: Em Python, as funções podem retornar múltiplos valores em forma de tuplas.

def get_min_max(numeros): 
		return min(numeros), max(numeros)
Esta função retorna o valor mínimo e máximo de uma lista de números.

Desempacotamento: As tuplas permitem o desempacotamento, o que é útil na atribuição múltipla.

a, b = (1, 2)
Aqui, a recebe 1 e b recebe 2.

Uso como Chaves de Dicionários: Devido à sua imutabilidade, as tuplas podem ser usadas como chaves em dicionários.

dicionario = {(1, 2): "ponto", (3, 4): "outro ponto"}

Para saber mais sobre dicionários no Python temos um Artigo ideal para você 👇

Como usar dicionários (dicts) no Python ?
Aprenda a usar dicionários em Python com exemplos práticos. Descubra como criar, acessar, modificar e manipular dados em dicts de maneira eficiente.
Em resumo as Tuplas são usadas quando você precisa de uma coleção ordenada que não será alterada. São mais rápidas que as listas e protegem os dados contra modificações acidentais, outros exemplo de uso são em: Coordenadas fixas, dias da semana, dados de configuração que não mudam.

Métodos Disponíveis para Tuplas

Apesar de sua imutabilidade, as tuplas oferecem alguns métodos úteis:

count(): Conta quantas vezes um elemento aparece na tupla. Conta quantas vezes 1 aparece em minha_tupla.

contador = minha_tupla.count(1)

index(): Encontra o índice do primeiro elemento igual ao valor especificado. Encontra o índice de "hello" em minha_tupla.

indice = minha_tupla.index("hello")

Comparação entre Tuplas e Listas

Semelhanças: Ambas são coleções ordenadas que podem conter diferentes tipos de elementos.

Diferenças:

  • Mutabilidade: Listas são mutáveis, enquanto tuplas são imutáveis.
  • Performance: Tuplas têm um tempo de processamento mais rápido.
  • Uso: Listas são ideais para coleções que podem mudar ao longo do tempo. Tuplas são usadas para dados que não devem ser alterados.

Conversão entre Tuplas e Listas

  • É possível converter uma lista em uma tupla e vice-versa.
lista = [1, 2, 3]
tupla_convertida = tuple(lista)
lista_convertida = list(tupla_convertida)

Tuplas e listas são componentes essenciais da programação em Python, cada uma com suas características e aplicações. Entender quando usar cada tipo é uma habilidade importante para qualquer programador Python.

Marcadores